CONSULTORIA

 A consultoria escolar possui múltiplas possibilidades e é construída conforme as necessidades prementes da equipe de educadores e gestão escolar. Tem como objetivo subsidiar as práticas escolares, através de protocolos e formação da equipe, para promover um ambiente escolar mais seguro e promotor de saúde para o aluno, seus familiares e colaboradores da escola.

É utilizada a metodologia do Ciclo PDCA –  planejar (plan), fazer (do), checar (check) e agir (act), cujo objetivo é o gerenciamento de processos com controle e melhorias contínuas.

A consultoria compreende a identificação das fragilidades sobre a saúde e a segurança escolar e apresenta estratégias para promover a melhoria dos processos internos, além de melhorar os indicadores.

Espera-se ao final da consultoria, que a escola coloque todas as estratégias em prática e atinja as metas definidas, bem como melhore seus indicadores de saúde e segurança escolar.

CARGA HORÁRIA: Poderá variar de 90 dias até 12 meses (diagnóstico e implantação), conforme o modelo de consultoria contratado.

RECONHECIMENTO: Todas as escolas que contratam a consultoria da Creche Segura recebem o certificado de reconhecimento do Programa Escola Segura, com o respectivo selo.

Ao receber o reconhecimento a escola passará a ser acompanhada pela nossa equipe durante 24 meses. Neste acompanhamento é realizada a supervisão da implantação de protocolos, as modificações e melhorias necessárias, além de avaliação dos indicadores de saúde e segurança para garantir o alcance de metas previstas.

EXEMPLOS DE AÇÕES DESENVOLVIDAS:

Após a identificação das necessidades (etapa 1 – diagnóstico), são elaborados relatórios contendo as fragilidades encontradas e as melhorias sugeridas, são exemplos:

1 - ELABORAÇÃO DE PROTOCOLOS PARA PADRONIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS

Com objetivo de prevenir doenças e controlar possíveis surtos, além de proporcionar à escola documentação que a ampare legalmente:

    • Troca de fraldas: todas as etapas do procedimento conforme protocolo internacional (Academia Americana de Pediatria).
    • Higienização de brinquedos: conforme recomendações da COVISA/ANVISA, além de orientações sobre a técnica de higienização e produtos a serem utilizados (diluição, preparo, acondicionamento, reposição etc.).
    • Higienização dos diferentes ambientes escolares: conforme recomendações da COVISA/ANVISA, além de orientações sobre a técnica de higienização e produtos a serem utilizados nos diferentes espaços (diluição, preparo, acondicionamento, reposição etc.).
    • Técnica de higienização das mãos: procedimentos e indicação da água e sabão e da preparação alcóolica.
    • Controle de surtos: todos os procedimentos que a escola deverá adotar para prevenir e controlar surtos de doenças (de acordo com a categoria profissional – professores, equipe de apoio e limpeza, cozinha, administrativo, gestores e transporte escolar).
    • Prevenção de acidentes: elaboração de todos os protocolos para prevenção de acidentes escolares, além do fluxograma de atendimento quando um acidente ocorrer.
    • Elaboração de impressos sobre saúde e segurança: ficha de saúde do aluno, ficha para controle de medicações, para controle de acidentes e doenças, para tabulação de ocorrências e doenças, ficha de saúde dos trabalhadores, números importantes e de emergência, materiais para compor o kit de primeiros socorros e lista de conferência, fluxogramas de atendimento às situações ocorridas no cotidiano escolar.
    • Elaboração de manual de primeiros socorros: ajustado a faixa etária atendida pela escola, possui formato de POP (procedimento operacional padrão) e contém um fluxograma por POP, para facilitar a rápida visualização da equipe, que poderá agir de forma imediata.
    • Outros protocolos e materiais necessários para escola.
2 – FORMAÇÃO DA EQUIPE, CONFORME AS NECESSIDADES IDENTIFICADAS NA ETAPA DIAGNÓSTICA

  • Formação sobre prevenção de doenças e controle de surtos: requisitos básicos para prevenção de doenças na escola e estratégias para controle de surtos. 
  • Formação sobre prevenção de acidentes: realização de oficinas práticas para apresentar a classificação dos acidentes, os tipos de prevenção de acidentes, a importância do registro e envolvimento de toda a comunidade escolar e as estratégias preventivas que deverão ser implantadas.
  • Formação para constituição de CIPAVE (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e Violências Escolares): com metodologias desenvolvidas pela nossa equipe, os participantes vivenciam a constituição de uma CIPAVE e elegem os membros. São orientados sobre o funcionamento, os registros das reuniões, o papel de cada membro e a importância desta Comissão na escola.
  • Formação sobre primeiros socorros: com metodologia 100% prática e cronograma ajustado a faixa etária atendida pela escola. 

Observação: Observação: as formações poderão ser contratadas separadamente ou fazer parte da consultoria. Saiba mais sobre as nossas formações: prevenção de doenças, prevenção de acidentes e primeiros socorros aqui.

3 – PALESTRA PARA FAMILIARES

Os temas abordados na palestra para familiares serão ajustados, conforme as necessidades da escola, alunos e seus familiares.

Neste encontro são apresentados os objetivos da consultoria, a importância do reconhecimento concedido a escola pelo Programa Escola Segura e as mudanças que serão necessárias para garantir a saúde e a segurança de cada aluno.

Conforme a quantidade de temas a serem trabalhados com os familiares, as palestras poderão ser divididas em múltiplos encontros durante o ano.

Consulte sugestões de palestras para familiares aqui.

4 – ACOMPANHAMENTO

Todas as etapas da consultoria recebem acompanhamento da equipe Creche Segura.

Após a implantação dos protocolos os processos são reavaliados para possíveis ajustes.

O acompanhamento é realizado durante 24 meses, através do Programa Escola Segura.

dúvidas, orçamentos e mais informações?