Neste post, você verá:

 

  • Criança com alimentação por sonda, o que o professor precisa saber?
  • O que é nutrição enteral?
  • O que é a sonda para alimentação e onde ela está localizada?
  • Quais são as pessoas que podem manipular a sonda?
  • Quais os cuidados importantes que o professor deverá ter com essa criança?
  • Quando deverá ser acionada a equipe de saúde?
  • Materiais com orientações importantes que deverão ser consultados.

 

Criança com alimentação por sonda, o que o professor precisa saber?


Quando estamos trabalhando em nossa zona de conforto, tudo vai bem, mas quando surge alguma questão que não sabemos como lidar, pronto, aquela pontinha de angústia começa a nos incomodar. Acredito que isto também ocorre com os professores, quando em sala de aula, ocorre algum problema de saúde inesperado como: convulsões, crises de asma, contusões mais sérias, etc. Ou ainda quando a criança por algum motivo não consegue se alimentar pela boca e necessita de uma sonda para receber a alimentação enteral ( nutrição enteral).

 

Você pode gostar:

Aluno com diabetes: o que o professor precisa saber.

O que o professor precisa saber sobre refluxo.

 

O que é nutrição enteral?

 

A nutrição enteral é uma alternativa para fornecer alimento para pessoas que não podem ou não conseguem se alimentar pela boca, a dieta é fornecida liquida ou semi-líquida diretamente no estômago ou no intestino, através de sondas.

 

O que é a sonda para alimentação e onde ela está localizada?

 

A sonda é um tubo macio, fino e flexível, que pode ser introduzido pelo nariz até chegar ao estômago e depois ao intestino . Ou ainda a sonda pode ser introduzida direto no estômago (gastrostomia) ou no início do intestino (jejunostomia), através de um orifício na pele (estoma), sendo este um procedimento médico.

 

GASTROSTOMIA.LOCALIZACAO.CRIANCA.PRIMEIROS.SOCORROS.INCLUSAO.CRECHE.SEGURA

Representação da localização da Gastrostomia

Fonte: Sérgio Luis Simionato, Nutrição Enteral Domiciliar, Unicamp, 2011

JEJUNOSTOMIA.LOCALIZACAO.CRIANCA.PRIMEIROS.SOCORROS.INCLUSAO.CRECHE.SEGURA

Representação da localização da Jejunostomia

Fonte: Sérgio Luis Simionato, Nutrição Enteral Domiciliar, Unicamp, 2011

 

Lembramos que o uso da nutrição enteral pode ser uma situação transitória, isso vai depender do motivo da sua indicação.

 

Quais são as pessoas que podem manipular a sonda?

 

A sonda deverá ser manipulada apenas por pessoas que tenham passado por treinamento prévio, realizado por profissionais de saúde, como familiares, cuidadores e professores. Esse treinamento é importante para garantir uma manipulação segura da sonda.

 

Conheça nossas formações e assessoria sobre saúde e segurança escolar, acesse o portfólio aqui.

Quais os cuidados importantes que o professor deverá ter com essa criança?

 

  • Não oferecer nenhum tipo de alimento ou líquido pela boca;
  • Manter a criança sentada durante a alimentação (para evitar o refluxo gástrico);
  • A sonda deverá permanecer fechada para evitar vazamentos de conteúdo gástrico;
  • Caso ocorra algum vazamento do conteúdo gástrico para a pele, lavar a pele com água e sabão, e trocar a roupa, sempre com muito cuidado para não tracionar a sonda;
  • É importante explicar para os demais alunos sobre a sonda e sua importância com objetivo de favorecer a socialização da criança que a utiliza (veja o vídeo abaixo da TV Escola, com estratégias que foram utilizadas por uma Escola Inclusiva);
  • Caso ocorra vômitos, notificar os familiares e certificar que a criança permaneça na posição sentada para evitar broncoaspiração.
  • Se ocorrer náuseas ou vômitos suspender a administração da dieta pela sonda até orientação dos cuidadores/familiares ou avaliação médica.

Quando deverá ser acionada a equipe de saúde?

 

  • Diarreia por mais de um dia
  • Prisão de ventre (obstipação) por mais de três dias
  • Náuseas e Vômitos persistentes
  • Dor abdominal, dor durante a administração da dieta
  • Febre (maior que 37,5)
  • Sangramento
  • Obstrução da sonda
  • Saída total ou parcial da sonda
  • Ferida ou irritação na pele ao redor da sonda
  • Vazamentos importantes ao redor da sonda

 

Confira uma matéria da TV Escola: Caminhos para inclusão, e conheça a história de uma escola inclusiva com depoimentos dos professores, familiares e da criança que faz uso de sonda e as estratégias que a Escola utilizou para incluir e acolher essa criança:

 

,

 

Uma iniciativa para inclusão que deve ser divulgada é da Creche Especial Maria Claro, localizada em Sorocaba/SP, que possui a missão:

“Promover a reabilitação e habilitação de crianças e adolescentes com deficiência múltipla, visando a sua inclusão na sociedade”.

Dentre as muitas atividades que realiza possui o Núcleo de Nutrição Enteral:

 

NUCLE.NUTRICA.ENTERAL.CRECHE.SEGURA.CRIANCA

Núcleo de Nutrição Enteral

Fonte: Creche Especial Maria Claro

 

Materiais com orientações importantes que poderão ser consultados:

 

Para os cuidadores de Crianças com Sondas recomendamos a leitura dos materiais abaixo que possuem linguagem simples e objetiva sobre os cuidados antes, durante e após a administração de dietas e medicamentos por sondas. Você poderá fazer o download gratuito clicando nos links abaixo:

 

 

 

Veridiana Ferreira Torres

Enfermeira Especialista em Cardiologia pela Unifesp e Pós-Graduada em Docência do Ensino Superior

 

 

Letícia Spina Tapia

Enfermeira e Fisioterapeuta, Mestre no Ensino em Ciências da Saúde e Coordenadora Nacional do Programa Escola Segura

 

 

 

Publicado em: 15/12/2015

Revisado em: 20/02/2017